América Latina registra 20 milhões de novas conexões 3G no 1T10


A tecnologia de banda larga móvel 3G (UMTS-HSPA) apresentou crescimento de 81% nas Américas no primeiro trimestre de 2010, segundo a 3G Americas. De acordo com a organização, na América Latina, houve aumento de 20 milhões de novas conexões da tecnologia 3G, das quais 5 milhões eram UMTS-HSPA. O total de assinaturas 3G (GSM-HSPA), agora, …

A tecnologia de banda larga móvel 3G (UMTS-HSPA) apresentou crescimento de 81% nas Américas no primeiro trimestre de 2010, segundo a 3G Americas. De acordo com a organização, na América Latina, houve aumento de 20 milhões de novas conexões da tecnologia 3G, das quais 5 milhões eram UMTS-HSPA. O total de assinaturas 3G (GSM-HSPA), agora, chega a 486 milhões. “O uso da banda larga móvel contribuiu com o aumento do uso geral da banda larga na América Latina", disse Erasmo Rojas, diretor da 3G Americas para a América Latina e o Caribe.

Segundo a entidade, as operadoras sul-americanas mudaram seu foco, de serviços de voz (2G) para serviços de dados (3G), que oferecem serviços de valor agregado e alcança usuários que consomem mais. A Telefónica, por exemplo, registrou os serviços de dados como principal fator do crescimento durante o primeiro trimestre de 2010, com taxas de crescimento de 43,6% ao ano. A receita de serviços de dados foi responsável por 20,6% da receita total de telefonia móvel durante o primeiro trimestre, um aumento de 5,3% no ano. A base de clientes de banda larga móvel da Telefónica cresceu 2,5 vezes nos últimos 12 meses, chegando a quase 5 milhões no primeiro trimestre de 2010.

A América Móvil implantou a 3G HSPA em todos os 17 países da América Latina e Caribe onde está presente, mantendo seu foco em usuários que consomem mais por meio de serviços avançados que ofereçam maior valor agregado. As receitas de dados continuam crescendo rapidamente, e representam 21,3% da receita de serviços na região, em média. No México, durante o primeiro trimestre de 2010, a América Móvil registrou aumento de 24,1% na receita de equipamentos com a receita de serviços aumentando 7,9 pontos percentuais, aproveitando-se do grande avanço nas receitas de dados, que aumentaram 28,7% com a crescente demanda por esses serviços.

Existem hoje 56 redes UMTS-HSPA comerciais em operação, em 24 países da América Latina e do Caribe.

Estados Unidos e Canadá

Nos Estados Unidos e Canadá, as tecnologias 3G adquiriram mais 2 milhões de novos assinantes no primeiro trimestre de 2010, dos quais 5 milhões são novas conexões de banda larga móvel (UMTS-HSPA). Atualmente, 8 redes comerciais UMTS-HSPA estão em operação nos Estados Unidos e no Canadá.

Mundial

No primeiro trimestre desse ano, havia 4,3 bilhões de conexões 3G no mundo, com o número de assinaturas de banda larga móvel 3G beirando meio bilhão (493 milhões de conexões UMTS-HSPA). Mundialmente, há 346 redes comerciais, distribuídas em 148 países. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Provedor de internet pode legalizar parceria com operador de SCM
Próximos Mercado interno eleva faturamento da indústria eletroeletrônica