Alierta confirma intenção de Telefónica deixar Telecom Italia


“Sim, queremos deixar o capital da Telecom Italia”, disse Cesar Alierta, presidente do grupo Telefónica, durante uma conferência de empresas de telecomunicações hoje na Espanha. A operadora, que ingressou no capital da italiana em 2007, precisa deixar de controlar a italiana ou vender 50% de seu capital da Vivo, conforme determinou o Cade, a agência antitruste brasileira.

Alierta disse que a parceria não deu certo entre as duas empresas pelo fato de “não sermos italiano”.

Na oferta que fizemos à Vivendi (pela GVT) dissemos-lhes que, se quiserem, lhes damos as ações da Telecom Italia. Isto é claro como água. A mensagem é claríssima, fizemos uma emissão de convestíveis nas ações da Telecom Italia e agora fizemos esta oferta à Vivendi”, afirmou Cesar Alierta. (Com agências internacionais).

 

Anterior Odebrecht escolhe plataforma para construir sua própria nuvem
Próximos IDC reduz projeção para fabricação mundial de tablets