Algar Telecom prestes a entrar no Nordeste


A operadora mineira Algar prepara o terreno para iniciar as operações no Nordeste a partir de Fortaleza. Aguarda apenas a ativação do cabo submarino Monet, construído em parceria com o Google, e que vai interligar a região à sua rede do Sul do país.

Jean-Carlos-Borges-presidente-Algar-Telecom-936x600

A Algar Telecom se prepara para no mercado nordestino. A operadora mineira tem operações de banda larga e telefonia fixa no Sudeste e no Sul. No momento, aguarda a ativação do cabo submarino Monet para interligar sua rede ao Ceará. Os negócios na nova área de atuação devem partir de Fortaleza, mas a empresa ainda está em fase de definição do plano de expansão, que detalha quais cidades atender a partir da criação do ponto de presença local.

A entrada no Nordeste era para ter acontecido já no primeiro trimestre. Mas atrasos na construção do cabo submarino a obrigou a rever o cronograma. “O cabo ficará pronto no quarto trimestre. Já compramos todos os equipamentos para iluminá-lo, estão instalados, está tudo pronto. A iluminação será em dezembro”, disse ao Tele.Síntese o presidente da empresa, Jean Borges.

Segundo ele, a estratégia de exploração do cabo por parte da Algar será diferente da prevista pelos parceiros na construção, que inclui Google, Antel e Angola Cables. “Nosso objetivo é atender o B2B e o B2C”, afirma. A expansão na região poderá acontecer por aquisição de provedores locais de banda larga. Mas isso ainda depende de análise de custos e comparativos com investimentos em construção de rede própria, nova.

Fixo

A Algar é uma das poucas empresas brasileiras que exploram telefonia fixa que vem conseguindo ampliar mês a mês. sua base de assinantes. O feito, diz Borges, tem relação menos com a demanda, e mais com a oferta.

“A expansão é baseada na oferta de fibra óptica para o B2B. A gente não pensa em crescer fora da área de concessão fora do segmento corporativo. E sem a banda larga, a telefonia fixa não estaria crescendo. O cliente não é obrigado a consumir os dois, mas criamos uma solução integrada, baseada em qualidade de serviço e de comunicação unificada”, lembra.

Em maio, a Algar foi a empresa que mais cresceu em novos acessos fixos, tanto entre as autorizadas, como entre as concessionárias. Foram 51 mil adições em um ano, enquanto o setor perdeu quase 1,5 milhão de acessos, uma evolução acima de 10%. Também na banda larga a empresa vem crescendo acima de 8% ao ano.

Expansão vs. lei das antenas

No móvel o saldo também é positivo, mas mais modesto – cresce pouco menos de 2% ao ano. A empresa tem espectro para expandir a 233 cidades mineiras usando a frequência de 2,1 GHz da banda H, adquirido em 2010.  Mas conseguirá ligar o 3G em apenas 50 cidades desse total até o final do ano.

“A gente poderia ser mais rápido se tivesse a facilidade de instalação das antenas. A lei federal [de 2014] ajudou, mas falta regulamentação”, explica. Com isso, a empresa enfrenta dificuldade para obter as licenças de uso do solo junto às prefeituras.

Além da cobertura nova nessas 50 cidades, a Algar tem celular em 87 cidades de sua área de concessão. Dessas, 14 cidades estão com redes 4G, o que representa 72% da população da área concedida. Como concorrentes de maior porte, a operadora mineira também vem fazendo o refarming do espectro dedicado 2G. Até o final do ano, serão 20 cidades com LTE.

Anterior Temer indica Sérgio Sá Leitão para Ministério da Cultura
Próximos Ericsson oficializa Ricotta na presidência da unidade brasileira

5 Comments

  1. Ricardo
    20 de julho de 2017

    Coitados

  2. Alexandre Rodrigues
    21 de julho de 2017

    Parabéns ao dedicado grupo! Senhor Alexandrino Garcia ficaria orgulhoso.

  3. 21 de julho de 2017

    O crescimento também é fruto da qualidade da infra, processos e atendimento em geral. No mercado de Telecom, um item mandatário no ato da concretização de um novo contrato e manutenção de sua base, sem dúvida é um balanceado entre valor x qualidade do serviço da venda em todos os seus estágios, do pré ao pós. Tenho o orgulho de fazer parte desse time a parabenizo a todos por esse resultado!

  4. Josenildo
    22 de julho de 2017

    Muito bom! Fico feliz, espero um bom resulto!.

  5. Diego
    23 de julho de 2017

    Tem que melhorar a taxa de upload pra gente do triangulo mineiro, pra se ter uma ideia se vc contrata 60 mega de down, só recebe 6 mega de upload, de resto a operadora é boa, sinal não cai, usei Net por 1 ano, acho os serviços de dados da algar melhores.