Algar Telecom lança serviço unificado de voz, dados e vídeo baseado em nuvem


shutterstock_Max Griboedov_conexao_redeA Algar Telecom anuncia o lançamento do Cloud Phone, que unifica serviços de áudio, videoconferência, mensagens de texto, compartilhamento de dados e telefonia fixa e móvel. Trata-se de uma solução de comunicação unificada comercializada como serviço com foco em pequenas e médias empresas.

O Cloud Phone funciona por meio de um aplicativo instalado em desktops e smartphones que permite que a rotina da empresa seja levada para qualquer lugar, facilidade cada vez mais necessária em ambientes corporativos. Com essa convergência da telefonia fixa para móvel, os usuários otimizam tempo e ainda ganham agilidade para realizar reuniões e atender seus próprios clientes.

Por ser operado em ambiente cloud digital, seus clientes ainda possuem a vantagem de sempre manter a solução atualizada sem ter que investir nada a mais por isso. A segurança também é um aspecto importante dentro do Cloud Phone, uma vez que os dados dos usuários são criptografados.

Do ponto de vista financeiro, o produto cloud da Algar gera economia para as empresas, já que a sua manutenção e estrutura são bem menos onerosas que as formas convencionais de comunicação, como PABX físico. O Cloud Phone ainda possui flexibilidade e permite customização conforme a demanda do usuário. Assim fica fácil aumentar ou diminuir a quantidade de ramais sem a necessidade de um novo investimento, por exemplo.

Para o desenvolvimento do produto, a Algar contou com a parceria das empresas Olitel e BroadSoft. A Olitel é uma integradora de soluções em TI e Telecom que atua no mercado brasileiro há 34 anos. A BroadSoft, líder global em soluções de Comunicações Unificadas na nuvem, também é pioneira no que se refere à tecnologia de integração nativa entre as telefonias fixa e móvel, o que garante ao usuário uma experiência de uso descomplicada e integrada, permitindo maior produtividade. (Assessoria de Imprensa)

Anterior Inscrições para Programa Startups Inovadoras vão até 26 de janeiro
Próximos 3GPP define o padrão para rádios 5G