shutterstock_Grey Carnation_Tecnologia_Tendencia_Telefonia_Movel_5GO governo da Alemanha publicou nesta semana sua estratégia para que o país consiga ter redes 5G disseminadas e em uso por todo o país até 2025.

Junto à estratégia, cobrou das operadoras locais investimentos mais altos e construção mais rápida de redes de fibra óptica capazes de lidar com a enorme demanda por dados que o 5G trará.

A expectativa do governo local é que em 2020 já existam redes 5G em operação comercial, em poucas cidades. Além disso, dá a entender que as operadoras sejam responsáveis pela implementação da tecnologia, pois na não cita qualquer esforço de financiamento ou incentivo público.

Nos planos, porém, está a criação de um grupo de trabalho para analisar formas de liberar o uso de redes de saneamento, ruas e estradas para facilitar a instalação de fibra. O grupo deve se debruçar, também, sobre a melhor forma de autorizar o uso de placas de trânsito e semáforos para a instalação de antenas de micro e pico-células.

Também haverá, em breve, um leilão de frequências. A intenção é liberar espectro entre 24,25 GHz e 27,5 GHz, e de 3,4 GHz a 3,8 GHz, para uso na 5G. (Com noticiário internacional)