Alemanha investiga Facebook por cartel


A agência Federal de Cartel da Alemanha iniciou investigação contra o Facebook por abuso de posição dominante em redes sociais, por uso de dados de seus usuários e termos de uso de serviços. A investigação será feita em conjunto com os órgão de proteção de dados, associação dos consumidores e Comissão Europeia.

Conforme a agência alemã, há suspeitas de que o Facebook, ao coletar várias informações pessoais de diferentes fontes, criando um currículo pessoal que permite direcionar melhor os anúncios poderia estar também abusando de sua posição dominante no mercado.

A agência alemã acha que é difícil para os usuários entenderem o escopo dessa base de dados quando aceitam previamente o contrato, procedimento que poderia estar violando também a lei de proteção de dados pessoais do país.

Anterior Oi tentará adiar pagamento de dívida, diz agência
Próximos Fabricantes venderão 1,5 bilhão de smartphones em 2016