Alcatel-Lucent vai trocar CEO, após publicação de resultado ruim em 2012


A Alcatel-Lucent divulgou prejuízo líquido de 1,372 bilhão em 2012 por conta da queda nas vendas na Europa e na China. As receitas anuais caíram 5,7%, para 14,45 bilhões de euros. Diante dos resultados, o conselho da fornecedora de equipamentos e soluções de telecom, anunciou que aceita a opção do CEO Ben Verwaayen de não seguir à frente dos negócios. O executivo, porém, seguirá no cargo até que um sucessor seja encontrado.

Verwaayen havia estabelecido um prazo de três anos para a recuperação, quando assumiu a Alcatel-Lucent em 2008. Mas os cortes nos investimentos de operadores no mundo, por conta da dificuldade financeira por que passam alguns países da União Europeia, bem como a competição com as chinesas Huawei e ZTE têm tornado a guinada mais difícil.

O conselho informou que considerará tanto candidatos internos quanto externos. “A Alcatel-Lucent tem sido uma parte enorme da minha vida. Foi, portanto, uma decisão difícil de não buscar um novo mandato, mas era claro para mim que este é o momento apropriado para o Conselho buscar uma nova liderança para levar a empresa para frente “, disse Verwaayen.


Anterior Capgemini e a EMC ampliam aliança em nuvem para atender Brasil
Próximos Anatel pode dispensar pequenas prestadoras do uso de CSP