Alcatel e Oracle juntas em billing convergente


As duas empresas anunciaram hoje, 10, que vão desenvolver e comercializar uma solução convergente de faturamento e cobrança (billing), que será composta da ferramenta de cobrança em tempo real da Alcatel e oferecerá às operadoras fixas e móveis uma arquitetura para simplificar suas operações. O novo sistema permitirá às operadoras oferecer o mesmo nível de …

As duas empresas anunciaram hoje, 10, que vão desenvolver e comercializar uma solução convergente de faturamento e cobrança (billing), que será composta da ferramenta de cobrança em tempo real da Alcatel e oferecerá às operadoras fixas e móveis uma arquitetura para simplificar suas operações.
O novo sistema permitirá às operadoras oferecer o mesmo nível de serviço, independentemente do tipo de assinatura ou de acesso, para a convergência fixo-móvel, VoIP etc.
No caso dos serviços móveis pré-pagos, por exemplo, o cliente poderá escolher entre receber uma fatura com todas as ligações efetuadas ou, automaticamente, recarregar sua conta a cada mês. Um usuário pós-pago poderá solicitar em tempo real o custo de determinados serviços, como ligações internacionais, serviços de dados, etc.

Além disso, com o billing Alcatel e as aplicações E-Business Suite da Oracle, as operadoras terão condições de tomar decisões apropriadas quando os clientes atingirem limites de consumo (por exemplo, notificar o usuário, suspender o serviço, aplicar uma taxa, permitir que o usuário acesse em tempo real o balanço da sua conta etc.).

Esta solução será pré-integrada ao E-Business Suite da Oracle e suas aplicações de CRM (Customer Relation Management) e EPR (Enterprise Resource Planning). A Oracle também planeja oferecer uma única e consistente aplicação para gerenciamento de dados, visualização de clientes e fluxos.
Espera-se que esta solução pré-integrada execute também um procedimento de "ordem de pagamento" e inclua a ativação da rede inteligente da operadora (IN).

(Fonte: assessoria de imprensa, Alcatel)

Anterior Nokia libera código-fonte da plataforma Python
Próximos O esvaziamento do Conselho Consultivo da Anatel