Agora, compartilhamento de espectro.


Um bem finito e sempre disputado, o espectro também poderá ser compartilhado. É o que a NSN (Nokia Solutions and Networks) acaba de demonstrar, em campo, pela primeira vez, no mundo, o uso do Authorized Shared Access no espectro do TD-LTE. “Um passo em direção à 5G”, segundo a empresa.

Em uma rede real TD-LTE 4G pertencente a uma operadora comercial detentora de espectro, a NSN mostrou que o Authorized Shared Access (ASA) é uma tecnologia que abre o caminho para futuras redes 5G. De acordo com a NSN, com acesso dinâmico a faixas de frequências sub-utilizadas, as operadoras serão capazes de obter capacidade extra para cobertura não-programada de usuários de banda larga móvel.

Na demonstração ao vivo, a NSN instalou seus elementos de rede em três cidades da Finlândia: em Ylivieska, dez ERBs Single RAN Flexi MultiRadio; em Oulu, core de rede comercial; em Tampere, o sistema de gerenciamento de rede NetAct. (Da Redação)

Anterior Altus ingressa no Bovespa Mais
Próximos Itália quer mudar lei de aquisições para obrigar OPA pela Telecom Italia