Ágio médio com leilão de satélites é de 213,4%


A Eutelsat venceu o leilão da quarta posição de satélite, com o lance de R$ 28,3 milhões, o que representa um ágio de 131,9% do preço de partida, de R$ 12,2 milhões. O ágio médio de todas as quatro posições licitadas nesta terça-feira (6), pela Anatel, foi de 213,4%, com arrecadação total de R$ 153,15 milhões.

O maior desembolso foi feito pela Hispamar, que pagou R$ 65 milhões e ágio de 431,8%, seguida da SES DTH, que arcou com R$ 59,8 milhões, por duas posições (R$ 33 milhões em uma e ágio de 170% e R$ 26,8 milhões em outra, com ágio de 119%).

A Eutelsat, que ficou com a quarta posição, ainda não tem satélite operando no Brasil, apesar de já deter uma posição, pagou R$ 28,35 milhões, após forte disputa com a empresa árabe Star Satellite, que chegou a oferecer até R$ 27 milhões pelo direito de exploração de satélite geoestacionário no Brasil. A empresa ficou com a posição 69,45º Oeste e vai operar na banda C e Ku.

Anterior Febratel defende extensão da desoneração de Fistel para banda larga móvel
Próximos LTE: quase 500 operadoras planejam redes 4G