Agência propõe mais banda por operadora na frequência de 3,5 GHz


O conselho diretor da Anatel aprovou hoje, 1, última reunião da gestão do presidente Juarez Quadros, a consulta pública do Regulamento de Condições de uso da faixa de 3,5 GHz ( 3.400 MHz a 3.600 MHz). Entre as modificações, a agência está propondo ampliar para 20+ 20 MHz a banda que pode ser adquirida por uma única empresa. Atualmente a banda disponível é só de 10+10 MHz.

Essa mudança é importante, porque a frequência destina-se às aplicações da 5G que irá demandar grande quantidade de espectro. Mas, ao fazer essa alteração, a agência já está apontando ao mercado que não quer mesmo mais do que duas ou três empresas de celular atuando no Brasil.

Isto porque, deverão ficar disponíveis 100 MHz de frequência nessa faixa, e se a Anatel está propondo destinar 40 MHz para cada operador, só duas empresas poderão comprar os 40 MHz, e uma terceira ficará com a sobra de menos quantidade.

A proposta libera também a ocupação dessa faixa para o SLP (Serviço Limitado Privado), que poderá ser uma boa alternativa para a competição na IoT (Internet  das Coisas).

Anterior Nova regra para cap de espectro deve valer a partir do dia 5 e mercado de celular vai se concentrar
Próximos Apple fatura US$ 69 bilhões no trimestre