Agência antitruste da Espanha abre processo contra Telefónica


A Comisión Nacional de los Mercados y la Competencia (CNMC), autoridade reguladora  antitrust espanhola, abriu esta sexta-feira, 24, um processo disciplinar contra a Telefónica pela “degradação da manutenção das rede de cobre  e dos serviços que presta a operadores alternativos”.

Conforma a agência, há “indícios  de irregularidades na gestão de avarias nas linhas de cobre alugadas a operadores alternativos” e suspeitas de que a empresa “atribuiu aos operadores avarias que lhe são imputáveis”.

Segundo o organismo regulador da concorrência, a operadora “superava o prazo médio de 15 horas para a reparação de avarias na sua rede” e, ao imputar às operadoras problemas que são da sua responsabilidade, “mascarava o nível real da manutenção da rede da Telefónica”. A agência  tem um ano para investigar o caso.  (agências internacionais)

 

 

Anterior FCC aprova a compra da Sky/DirecTV. Agora, a AT&T vai ter que resolver o Brasil
Próximos Mercado de switches tem queda de 6,8% na receita no primeiro tri