Adiada apreciação de crédito suplementar para Telebrás


Pela segunda semana consecutiva, não houve acordo para votação de 21 projetos de lei que abrem créditos especiais ao Orçamento da União para 2010. Entre eles está o que disponibiliza R$ 1,3 milhão para o Ministério das Comunicações, sendo R$ 600 milhões para reforçar o caixa da Telebrás.

Nova sessão do Congresso Nacional deverá ser marcada na semana que vem. Mas a votação do PLN 57/2010 dependerá ainda de um acordo entre líderes partidários, uma vez que a matéria sequer tem relatório pronto.

Os recursos destinados à Telebrás serão usados para implantação da rede do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), cujos equipamentos estão em fase de licitação.

Anterior Intelig oferece melhor proposta para atender Telebrás
Próximos Anatel retira barreiras para prestação do serviço de TV a cabo