Acordo entre Oi e RNP prevê novos serviços e aplicações para internet


A Oi e a RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa), do Ministério da Ciência e Tecnologia, assinaram hoje um acordo de cooperação técnica e científica para a realização conjunta de projetos para evolução da internet, em plataforma experimental (aplicações, serviços e protocolos de rede) e a estruturação de ambientes de teste para projetos de …

A Oi e a RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa), do Ministério da Ciência e Tecnologia, assinaram hoje um acordo de cooperação técnica e científica para a realização conjunta de projetos para evolução da internet, em plataforma experimental (aplicações, serviços e protocolos de rede) e a estruturação de ambientes de teste para projetos de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos na área de telecom.

O investimento faz parte dos compromissos impostos pela Anatel quando deu a anuência prévia para a Oi comprar a Brasil Telecom. Entre os compromissos, está o investimento em Pesquisa & Desenvolvimento. Pelo convênio, a Oi vai disponibilizar infraestrutura de capacidade de transmissão em fibras ópticas, para uso não comercial pela RNP, além de operar e realizar a manutenção dos sistemas. O projeto consiste na implementação de um “backbone para conhecimento científico”, de maneira a viabilizar a interconexão nacional entre universidades e seus campos, centros de pesquisa, laboratórios, hospitais de ensino e museus, para geração de conhecimento e inovação através da rede acadêmica.

O acordo permitirá o desenvolvimento de novos serviços e aplicações para a indústria de telecomunicações, assim como para programas nacionais de educação, cultura, ciência, tecnologia e inovação. Também poderão ser realizados projetos em plataforma experimental para evolução da internet, como aplicações, serviços e protocolos de rede. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Acionistas poderão questionar atuação da Telebrás
Próximos Teles concluem entrega de dados abertos sobre custos à Anatel