Acordo entre Brasil e Coréia prevê investimentos de US$ 1 mi em pesquisa tecnológica


O governo da Coréia do Sul deverá investir US$ 1 milhão na criação de um Centro de Cooperação Coréia-Brasil em Tecnologias da Informação e das Comunicações (TIC0 a ser instalado aqui, ainda este ano. Segundo informações divulgadas pelo Ministério das Comunicações, na última semana de 2005, o ministro Hélio Costa e o representante do Ministério …

O governo da Coréia do Sul deverá investir US$ 1 milhão na criação de um Centro de Cooperação Coréia-Brasil em Tecnologias da Informação e das Comunicações (TIC0 a ser instalado aqui, ainda este ano.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério das Comunicações, na última semana de 2005, o ministro Hélio Costa e o representante do Ministério da Informação e Comunicação da Coréia do Sul, Daeje Chin, assinaram um memorando de entendimento para a criação do centro. O objetivo do centro de pesquisa será promover nos dois países o estabelecimento da socieadade da informação por meio de pesquisa, desenvolvimento e colaboração em tecnologia da informação e das comunicações, tendo como foco principal a inclusão digital.

Até abril deste ano, deverá ser definida a localização da sede da instituição e o cronograma de atividades. Mas até fevereiro, os dois governos pretendem indicar os participantes do grupo de trabalho que definirá a implementação das atividades do centro. A unidade de pesquisa deverá funcionar por pelo menos três anos. "O governo coreano se comprometeu a investir US$ 1 milhão na instituição. A localização do centro será recomendada pelo governo brasileiro e a intenção é usar uma infra-estrutura já existente. Empresas sul coreanas têm investimentos no Brasil e o governo da Coréia do Sul tem experiência na informatização da sociedade que interessa ao governo brasileiro", disse o secretário de Telecomunicações do Minicom, Roberto Pinto Martins.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Minicom

Anterior Anatel quer leiloar faixas de 3,5 GHz e 10,5 GHz em março
Próximos Coppe-RJ abre vagas para projetos tecnológicos