Ações do Facebook caem após saída de executivos do Instagram


As ações do Facebook cairam 2% nesta terça feira, 25, depois que dois dos fundadores do Instagram, controlado pelo Face, deixaram a empresa por razões que não ficaram muito claras. A saída de Kevin Systrom e Mike Krieger pode ter sido o resultado de atrito com o CEO Mark Zuckerberg sobre a gestão a rede social de compartilhamento de fotos.

Um relatório da Bloomberg disse que Systrom e Krieger estavam frustrados com o aumento do envolvimento diário de Zuckerberg, que se tornou mais dependente do Instagram no planejamento do futuro do Facebook. A perda dos dois executivossegue as saídas dos co-fundadores do WhatsApp, Jan Koum e Brian Acton, e uma reformulação dos cargos executivos do Facebook no começo deste ano.

As ações do Facebook caíram 2,4 por cento, a US $ 161,51 no início do pregão, derrubando mais de US $ 11 bilhões do valor de mercado da ação. As ações do Facebook estão atualmente em queda de cerca de 6% este ano, após seis anos de ganhos estelares.

O Facebook comprou o Instagram em 2012 por US $ 1 bilhão. Hoje tem mais de 1 bilhão de usuários mensais ativos, um aumento acentuado em relação aos 30 milhões de usuários quando o Facebook comprou o aplicativo. (Com noticiário internacional)

Anterior Hughes pede direito de passagem à Anatel para os satélites de órbita baixa OneWeb
Próximos MCTIC retoma a ideia de usar LTE no PGMU da telefonia fixa