Ações de Oi e TIM lideram queda no iBovespa


As ações da operadoras móveis Oi e TIM figuravam as maiores quedas do iBovespa nesta quarta-feira (18). As ações preferenciais da Oi caíram 3,64% para R$ 9,25, e as ordinárias caíram 4,12%, a R$ 10,69. Já as ações da TIM registraram queda de 4,62%, cotadas a R$ 9,28.

As baixas são uma resposta à decisão da Anatel de paralisar a venda de chips de TIM, Oi e Claro em alguns estados por problemas de qualidade na prestação de serviço. O impedimento é valido a partir de segunda-feira. A Claro, da mexicana América Móvil, não tem ações na Bovespa.

A Vivo, operadora de telefonia móvel da Telefônica, não será afetada com a paralisação das vendas e as ações da empresa fecharam no nível de estabilidade na Bovespa. O iBovespa fechou em alta de 1,25%, com 54.583 pontos.

Anterior A importância da Lei das Antenas
Próximos Anatel suspenderá vendas de linhas pela TIM, Oi e Claro na segunda-feira