Ações da Oi voltam a cair e valor da tele fica abaixo de R$ 10 bilhões


As ações da Oi caíram 4,27% nesta terça-feira (21), em dia de perdas na Bolsa de Valores de São Paulo, que fechou com desvalorização de 3,44%. Com a nova queda nos papéis, a tele brasileira passou a valer menos de R$ 10 bilhões, com o valor de R$ 1,12 por ação.

Ontem, os títulos da operadora fecharam com queda de 6,4%, mas chegaram a apresentar recuo de 8,8% durante o pregão. A Oi divulgou comunicado afirmando que a liquidação da Rioforte não trará impacto na fusão com a Portugal Telecom, na tentativa de reverter as especulações de analistas que viam prejuízos maiores para as duas operadoras com a situação da holding do Grupo Espírito Santo.

A Portugal Telecom também fechou o dia com perdas de 8,15%, com papéis valendo 1 euro. Ontem, a desvalorização das ações da tele portuguesa chegaram a mais de 28%, mas fecharam com variação negativa de 10,5%.

As perdas da PT ocorreram mesmo depois que a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de Portugal proibiu a venda de ações da operadora a descoberto. Diante dos resultados de hoje, o órgão regulador ampliou a proibição por mais dois dias.

Anterior Decisão sobre faixa de 1,8 GHz da Oi está na pauta da Anatel desta quinta
Próximos Anatel quer esclarecimentos das teles sobre cobrança da internet móvel