Acionistas da DirectTV aprovam venda para AT&T


Os acionistas  da DirectTV aprovaram a proposta de compra da AT&T, por US$ 49 bilhões, lançada em maio deste ano. A votação foi quase unânime: 99% dos votos  favoráveis ao acordo, que se aprovado pelas agências reguladoras norte-americanas, representam total de  77% das ações.

A proposta de compra sofreu sérias críticas de pequenos provedores e indústria, reunidos no MCPC (Minority Cellular Partner Coalition) que pediram ao FCC para vetar o acordo. A agência reguladora ainda não se manifestou, e os departamentos de justiça estaduais também estão analisando a proposta. A Netflix também se manifestou, preocupada com o surgimento do peering (troca de tráfego) pago.

Se aprovada pelas agências antitrustes, será a maior aquisição da AT&T desde que ela comprou a Bell South em 2006, por US$ 85 bilhões.

Brasil

No Brasil, o Cade já autorizou a mudança de controle – aqui a direcTV atua como Sky – pois entendeu que não havia riscos à competição, já que a operadora norte-americana não tem qualquer outra operação em território brasileiro. A Anatel ainda não se manifestou.

Anterior Alteração do regulamento da telefonia fixa tem apoio da Fazenda
Próximos Blackberry perde 41% da receita em um ano