Ação ordinária da Oi tem desvalorização de 27% no dia


A Oi enfrentou mais um dia de alta instabilidade no mercado financeiro. As ações ordinárias da companhia (OIBR3) terminaram esta terça-feira, 20, valendo 73 centavos, após um tombo de 27%. O volume negociado na B3 atingiu R$ 360 milhões. Já as ações preferenciais (OIBR4) caíram 10,4%, a R$ 1,12, após volume negociado de R$ 14 milhões. A companhia terminou o dia com valor de mercado de R$ 5,99 bilhões, embora tenha valuation R$ 17,8 bilhões, conforme a B3.

A queda do valor das ações da empresa começou em 9 de agosto, desde então não parou mais, agravando-se no dia 15 com a divulgação dos resultados trimestrais. Na ocasião, a companhia reportou queda nas receitas e queima de caixa. Os números não agradaram, e as ações ON caíram 17%. Na sexta, 16, e ontem, 19, novas quedas de mais de 8% após a divulgação de rumores sobre a falta de capital na empresa e embate entre acionistas e diretoria.

O jornal Valor Econômico noticiou a existência de pressões do maior acionista da companhia, o fundo de investimentos GoldenTree, para mudar a diretoria da operadora. O sócio enviou uma carta ao conselho de administração na qual condiciona novo aporte na empresa à saída de Eurico Teles, atual CEO. A Oi pode levantar mais R$ 2,5 bilhões com novo aumento de capital neste ano, conforme o plano de recuperação judicial.

O jornal afirma ainda que o conselho propõe a venda da operação de telefonia móvel da companhia. Seus integrantes já teriam oferecido o ativo a TIM e Vivo. Mas Teles, diz o veículo, não concorda que este seja o melhor momento para negociar dada a vulnerabilidade financeira do grupo.

Entre analistas de mercado, há dúvidas sobre o tempo necessário para a empresa levantar capital. O CFO da companhia, Carlos Brandão, afirmou durante a conferência de resultados que a queima do caixa era esperada e prevista no plano de recuperação judicial. Defendeu ainda um possível aumento dos investimentos para o ano, de R$ 7 bilhões para R$ 7,5 bilhões. Na sexta-feira, reiterou também comentário feito na conferência dos resultados, de que a empresa avalia a emissão de dívida e corte de custos para equilibrar a perda de caixa, além de contar com a venda de ativos não estratégicos.

Anterior Anatel lacrou 200 mil produtos sem homologação em 2018
Próximos Relatora do PLC 79 vai ser consultada sobre pedido de audiência pública

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *