Abratel pede adiamento de desligamento do sinal analógico em Brasília


A Abratel (Associação Brasileira de Rádio e Televisão) protocolou ofício no Ministério das Comunicações pedindo o adiamento do desligamento do sinal analógico em Brasília, previsto para março de 2015, em função dos atrasos para implantação da TV digital na capital federal. Segundo a entidade, com o atraso na construção da torre e a demora para entrega dos equipamentos às emissoras, a irradiação do sinal digital na cidade somente ocorrerá em março de 2014, mas ainda faltarão ajustes para que sejam solucionados os problemas de transmissão nas áreas de sombras, o que reduzirá o tempo para que seja criada uma “cultura digital” até o switch off.

Em seu ofício, a Abratel argumenta que, diferente de outras cidades que já possuem sinal digital há algum tempo, a transmissão no Distrito Federal não cobre nem a totalidade da região central de Brasília. “A maioria da população desconhece as vantagens do sinal digital em detrimento do analógico”, sustenta.

A entidade disse também que, com o início da transmissão do sinal a partir da nova torre em março do próximo ano, as emissoras deverão ainda realizar medições de campo a fim de identificar áreas de sombras para planejar e instalar gap fillers (reforçadores de sinal) ou montar uma SFN (rede de frequência única), de acordo com que cada uma delas considerar como solução mais apropriada. Além disso, ressalta que as emissoras e o próprio governo terão pouco tempo para realizarem um amplo trabalho de divulgação antes do desligamento do sinal analógico, no prazo que está previsto.

Anterior Governo instalará comissão para debater terceirização
Próximos Telecom Italia rejeita oferta da Hutchison Whampoa