Aastra Telecom abre área de serviços no Brasil e fecha contrato com Telefônica


A Aastra Telecom, empresa canadense que adquiriu a área de tecnologias corporativas da Ericsson em 2008, está investindo para ampliar sua presença no Brasil. Em fevereiro, a companhia anunciou a contratação de Nivaldo Sancinetti, ex-diretor de grandes clientes da Telefónica, e há uma semana fechou um contrato de prestação de serviços com a operadora espanhola. A expectativa da companhia é expandir os contratos de serviço, área recém inaugurada no mercado doméstico. 

“A Telefônica tem uma grande base instalada nossa, por conta do histórico de negócios com a Ericsson. Isso nos ajudou a fechar o contrato de prestação de serviços”, explica Tereza Terahata, gerente de marketing. Segundo ela, este contrato é uma oportunidade para a companhia apresentar novos produtos. “Para nós é uma porta de entrada para oferecer tecnologias mais modernas”, complementa. 

Mas, para além do reforço no mercado de teles, com a contratação de Sancinetti, a empresa de soluções de comunicação unificada, telefonia IP e contact center também busca ampliar sua rede de canais para ampliar a presença no país. “Nos últimos dois meses refizemos a política de parceria para trazer novos canais de venda. Além disso, estamos buscando um distribuidor e já fizemos alguns contatos. Nosso objetivo é trabalhar canais menores, que não conseguimos atender direto e que têm receio de buscar outros canais, potenciais concorrentes”, explica Terahata. 

A Aastra, empresa de capital aberto na bolsa de Toronto, fechou o primeiro semestre de 2013 com 284,3 milhões de dólares canadenses em receita, uma redução de 3,4% na comparação ano a ano. O lucro líquido foi de 0,6 milhão de dólares canadenses de abril a junho, ante 1 milhão de dólares canadenses no mesmo período de 2012. 

Anterior Orange alega que acordo de 4G entre Telefónica e Yoigo é anticompetitivo
Próximos Cade aprova compra da EMI por Universal Music e Sony