A nova sala de aula é uma infovia


O uso das tecnologias de educação devem romper a desconexão entre realidade social, prática em sala de aula e formação docente, avaliou Hélio Chaves Filho, diretor de Regulação e Supervisão em Educação a Distância do Ministério da Educação, durante o 4º Wireless Mundi, promovido pela Momento Editorial. Os projetos de educação a distância do governo …

O uso das tecnologias de educação devem romper a desconexão entre realidade social, prática em sala de aula e formação docente, avaliou Hélio Chaves Filho, diretor de Regulação e Supervisão em Educação a Distância do Ministério da Educação, durante o 4º Wireless Mundi, promovido pela Momento Editorial. Os projetos de educação a distância do governo federal, segundo ele, procuram fazer a “justaposição dos recursos de tecnologia com os processos pedagógicos tradicionais”. Para isso, é preciso enfrentar a resistência de boa parcela dos professores, criando políticas públicas que aliem capacitação dos professores com boa gestão dos equipamentos.

Chaves Filho contou que um dos projetos focados nessa direção é o Universidade Aberta do Brasil, programa voltado para a formação de professores hoje com 291 pólos de funcionamento por todo país. “Precisamos reforçar esse círculo virtuoso:  se formamos o professor com tecnologia, ele tende a usar a tecnologia em sala de aula para seus alunos”, disse Chaves.

Ao defender uma linha de trabalho “inovadora, libertária, destinada à inclusão”, o diretor do MEC afirmou que as salas de aula contemporâneas são as infovias. O computador, argumentou, não pode ser usado como um livro eletrônico.

Hélio Chaves informou ainda que o governo federal está investindo na ampliação das escolas de ensino técnico, dentro de um plano de expansão que prevê a criação de 200 mil novas vagas, em quatro anos. O Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) serão os pólos propulsores dessa nova rede. “Já estamos negociando a compra de carretas e barcos que se tornarão laboratórios móveis, para atender estudantes de comunidades distantes”, anunciou.

Anterior Está em andamento o megapregão de telefonia do governo
Próximos Rio completa doação de notebooks a professores da rede estadual