A GVT negocia papéis na Bovespa


A GVT Holding S.A. oficializou hoje, 16 de fevereiro, entre 10h30 e 11h, em evento na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), seu ingresso na bolsa. Os papéis da operadora começaram a ser negociados, hoje cedo, no Novo Mercado da Bovespa, segmento que reúne 51 companhias. Ontem, a empresa que está em período de …

A GVT Holding S.A. oficializou hoje, 16 de fevereiro, entre 10h30 e 11h, em evento na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), seu ingresso na bolsa. Os papéis da operadora começaram a ser negociados, hoje cedo, no Novo Mercado da Bovespa, segmento que reúne 51 companhias.

Ontem, a empresa que está em período de silêncio (quiet period), divulgouo seu balanço consolidado de 2006. A empresa, segundo o relatório, registrou prejuízo líquido de R$ 74,4 milhões, resultado inferior ao lucro de R$ 124,3 milhões de 2005. O prejuízo da companhia foi causado por motivos financeiros, como um déficit de R$ 85,6 milhões decorrente de despesas financeiras e prejuízo de R$ 37,1 milhões registrado sob a rubrica “itens extrordinários”.

Sob o ponto de vista operacional, os resultados foram positivos. A receita operacional líquida cresceu 17,5%, para R$ 768,5 milhões em 2006. Reflexo, provavelmente, da expansão da base de assinantes. Em dezembro de 2006, a empresa tinha 137 mil assinantes de internet banda larga, ao ponto que em 2005 os usuários do serviço eram um pouco menos da metade; exatos, 66 mil assinantes. O número de assinantes de VoIP (Voz sobre Internet Protocol) cresceu exponencialmente, partindo de 6 mil assinantes, em 2005, para 35 mil no ano passado.  

Da Redação 

Anterior Sonaecom paga mais pela PT
Próximos Relacom cresce na região. O Brasil ajudou.