A gestão da pecuária, na tela do celular


Já existem várias plataformas para gestão da pecuária em comercialização no país. Elas permitem que os dados sejam coletados em campo e depois transferidos para a nuvem ou para servidores.

gado-pexels-photo-735967Já chegando ao fim a época em que a ficha com os dados de cada animal era preenchida a mão e sujeita a uma série infindável de problemas. Com a chegada dos sistemas de gestão da pecuária em plataformas web, que permitem a coleta de dados no curral ou no pasto via smartphone, para depois descarregar os dados na nuvem, tudo começa a mudar.

Duas dessas soluções foram apresentadas aos produtores rurais durante o Agrotic Gado de Corte, realizado pela Momento Editorial em Cuiabá, no dia 24 de maio. O Gestão Pecuária, da Totvs, e a Plataforma para Gestão da Pecuária de Corte, da JetBov.

A plataforma da Totvs controla desde o nascimento do animal (ou sua compra) até o abate ou venda para terceiros, passando por toda gestão pecuária: manejo (pesagem, trato sanitário, transferência entre pastos, diagnóstico de prenhez), trato alimentar, inventário e morte (se houver). Tem ainda um módulo de rastreabilidade integrado com certificadora. A plataforma conta ainda com bases de dados de indicadores de desempenho e custos de produção.

O sitema da Totvs, comercializado no MT,RO e AC pela unidade da região, conta com nove aplicativos: custos da pecuária, custos e orçamento agrícola, operação pecuária, animais por lote, indicadores por média de peso, indicadores quantitativos, rendimento de carcaça, ganho de peso, consumo de insumos no trato alimentar, gestão da manutenção industrial, manutenção automotiva, colheita e recepção de matéria prima. “Os dados permitem ao produtor analisar o que aconteceu e adotar medidas corretivas”, disse Leonardo Castro, diretor de Serviços da Totvs MT/RO/AC.

Solução específica

Específica para gado de corte, a plataforma da Jetbov, uma jovem empresa há dois anos e meio no mercado, já tem 500 fazendas como clientes e pretende atingir 10 mil até 2020, segundo Elder Bruno, CEO. Todos os dados são coletados em campo via smartphone (peso, vacina, nascimento, morte/perda, troca de lote, leitura RFID), com posterior sincronização em nuvem.

A plataforma oferece on-line planilhas para controle financeiro, controle de áreas de pastagens, controle sanitário, custeio de produção. O ambiente pode ser usado por várias fazendas, é multiusuário e permite integração entre fazendas e entre estas e cooperativas. A JetBov conta com uma cooperativa digital de carne, com os dados sobre a origem do animal impressos em um QR Code.

Nos dois casos, a solução é comercializada na forma de serviço.

Anterior Qualidade, receita para vencer barreiras à exportação da carne brasileira
Próximos Anatel afasta risco de desmembramento da Oi e Brasil Telecom