A finalização do negócio entre Telefónica e Telecom Italia


Depois do segundo aumento de capital (€117 milhões), a participação da Telefónica chegará a 70%, enquanto sua participação no controle continuará em 46,18%. Então, a partir de 1º de janeiro de 2014, a operadora espanhola poderá converter o capital investido em ações com direito a voto, mas ela não poderá ir além do controle de 64,9% de ações ordinárias detidas pela Telco na operadora italiana.

Também a partir de 1º de janeiro, os sócios da Telco outorgarão à espanhola uma opção de compra de 100% de suas ações, sempre em função da aprovação regulatória no quesito concorrência. Quando, e se isso ocorrer, será dissolvida a aliança que forma a Telco, e a Telefónica terá participação de 22,39% da Telecom Italia.  (Da redação com El País)

Anterior As etapas da compra da Telecom Italia
Próximos Governo poderá lançar email criptografado público já em dezembro