A Ericsson lucra em mercados emergentes


No segundo trimestre, a fabricante obteve lucro líquido de US$ 782 milhões e faturamento de US$ 6 bilhões, segundo informações divulgadas hoje, em Estocolmo. Um desempenho tão positivo tem suas razãoes, conforme disse o CEO Carl-Henric Svanberg em entrevista à imprensa: “80% do nosso crescimento estão vindo de mercados emergentes”. Ele acrescentou que, no segundo …

No segundo trimestre, a fabricante obteve lucro líquido de US$ 782 milhões e faturamento de US$ 6 bilhões, segundo informações divulgadas hoje, em Estocolmo. Um desempenho tão positivo tem suas razãoes, conforme disse o CEO Carl-Henric Svanberg em entrevista à imprensa: “80% do nosso crescimento estão vindo de mercados emergentes”.

Ele acrescentou que, no segundo trimestre, as regiões mais importantes por faturamento foram Europa Oriental e Central, Oriente Médio e África. As vendas nesses mercados aumentaram 24% em um ano, para US$ 1,77 bilhão, com destaque para Paquistão, Rússia, Arábia Saudita e África do Sul, que compram, sobretudo, sistemas GSM de segunda geração.

Também foram os países emergentes que contribuíram para os resultados da Nokia no período.

(Da Redação)

Anterior Vivo vai para GSM em condições “ultra-vantajosas”
Próximos Nova Iridium recebe autorização para explorar satélite no Brasil