A Ericsson anuncia reestruturação


Partindo do princípio de que o desenvolvimento de capacidade para serviços banda larga nas redes móveis e fixas, associado à migração para redes de próxima geração, abre espaço para serviços multimídia mais eficientes, acelerando as oportunidades de crescimento, a fabricante sueca decidiu reorganizar seus negócios, que serão agrupados em três unidades, a partir de 1º …

Partindo do princípio de que o desenvolvimento de capacidade para serviços banda larga nas redes móveis e fixas, associado à migração para redes de próxima geração, abre espaço para serviços multimídia mais eficientes, acelerando as oportunidades de crescimento, a fabricante sueca decidiu reorganizar seus negócios, que serão agrupados em três unidades, a partir de 1º de janeiro de 2007.

Como parte da reestruturação, a Ericsson vai contratar 500 engenheiros para acelerar os trabalhos de pesquisa, especialmente na área de redes IP de próxima geração e tecnologia multimídia. As mudanças, segundo a empresa, terão reflexos nas unidades de negócios existentes e na sede, em Estocolmo. A nova estrutura terá três áreas:  redes, serviços e multimídia.

Redes

A integração das operações de rede possibilitará uma oferta focada em soluções que apóiam as estratégias das operadoras por convergência e redes mais eficientes. A unidade será responsável pelo acesso fixo e móvel, redes centrais e de transmissão, além de redes IP de próxima geração. As unidades de sistemas, acesso e redes de banda larga serão integradas na nova unidade, juntamente com a Ericsson Power Modules e a Ericsson Cables. Kurt Jofs, vice-presidente executivo e atual responsável pelos negócios de acesso, comandará a nova unidade, que terá aproximadamente 21,5 mil colaboradores.

A unidade será responsável por acesso via rádio, core, transporte e telefonia fixa, que, atualmente fazem parte do segmento sistemas. Além disso, passará a incluir cabos e módulos de alimentação.

Serviços

Incorporando serviços profissionais e implementação de redes, essa unidade, criada em 1999, não sofrerá alterações, e permanece sob o comando de Hans Vestberg, vice-presidente executivo. A área conta com aproximadamente 23 mil colaboradores no mundo inteiro. Hoje, a Ericsson é responsável pelo gerenciamento de redes que possuem mais de 65 milhões de assinantes, e também oferece suporte em tempo integral para redes com mais de 725 milhões de assinantes.

Já a unidade multimídia, passa a incorporar sistemas multimídia, hoje parte do segmento de sistemas, além das unidades plataformas móveis e corporativo.

(Fonte: assessoria de imprensa, Ericsson)

Anterior Aumenta déficit eletroeletrônico. Importação de semicondutores cresce 27%.
Próximos Nametones TIM