A Embratel sem Soffiatti


Falar na trajetória de Edson Soffiatti é falar na própria história daquela que foi a empresa brasileira marcada por iniciativas pioneiras, entre elas o serviço satélite. No início, para o Brasil conhecer o Brasil, via integração das comunicações, passo seguinte levando a telinha para os confins do país. Só amanhã, dia 4, a Embratel deve informar quem substituirá Soffiatti no comando do braço satélite do grupo, a Star One.

(Da Redação)

Anterior Fast Search & Transfer chega ao Brasil
Próximos Alcatel apresenta triple play