A AOL em busca de saídas


Como a America On-Line (AOL) está em franco desmanche, perdendo assinantes aceleradamente, a direção do provedor avalia a hipótese de oferecer gratuitamente seus serviços aos novos clientes. Hoje, esses serviços só são acessíveis aos usuários pagantes do portal, junto com o seu acesso internet. Se a idéia for levada adiante, poderia significar perdas de US$ …

Como a America On-Line (AOL) está em franco desmanche, perdendo assinantes aceleradamente, a direção do provedor avalia a hipótese de oferecer gratuitamente seus serviços aos novos clientes. Hoje, esses serviços só são acessíveis aos usuários pagantes do portal, junto com o seu acesso internet. Se a idéia for levada adiante, poderia significar perdas de US$ 2 bilhões à unidade de negócios da Time Warner, que espera recuperar o valor em venda de publicidade.

Segundo analistas, o principal motivo da perda de clientes da AOL se deve à lentidão com que evolui para banda larga. Atualmente, o provedor tem apenas 6 milhões de assinantes de banda larga, pouco menos de um terço da base total de 18,6 milhões de usuários, que chegou a 26,5 milhões no final de 2002. A empresa está perdendo 850 mil clientes por trimestre.

(Da Redação com agências internacionais)

Anterior Intel e Motorola em bilionária empreitada "WiMAX"
Próximos Em junho, Itel foi melhor do que Ibovespa.