9° dígito nos celulares do interior de SP será implantado dia 25


A inclusão do nono dígito nos números de celulares de parte do interior de São Paulo está marcada para o dia 25 deste mês. Serão alterados os telefones móveis das cidades que usam os códigos de acesso 12, 13, 14, 15, 16, 17 e 18. A capital e a região metropolitana já contam com o nono dígito desde julho do ano passado, em função do iminente esgotamento dos recursos de numeração. O processo transcorreu sem maiores problemas técnicos.

A inclusão do dígito 9 antes dos números de celulares de todo o país será completada até o final de 2016. Todas as regiões seguiram o modelo usado em São Paulo, com uma migração gradual. Nos primeiros 40 dias, os clientes poderão realizar chamadas com oito dígitos. Essas chamadas serão interceptadas e os clientes serão orientados a acrescentar o número adicional. Depois dos 40 dias, o uso do nono dígito se torna obrigatório.

A Anatel ressalta que, além das adequações técnicas por parte das prestadoras de serviço de telecomunicações, essa medida demandará da sociedade a realização de eventuais adequações em equipamentos e sistemas privados como, por exemplo, equipamentos de PABX e agendas de contatos.

O nono dígito deverá ser acrescentado, no momento da discagem, por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para terminais do SMP das Áreas de Registro listadas, independentemente do local de origem da chamada. Os números de telefones fixos e do Serviço Móvel Especializado (trunking) continuarão com oito dígitos.

Anterior Consulta sobre proposta para compartilhamento de poste começa hoje
Próximos Lei gaúcha que veda tarifa básica de telefonia é inconstitucional, diz PGR.