66% dos usuários da tecnologia 3G não acessam a internet


Pesquisa da Acision aponta que 66% dos consumidores que tem acesso à tecnologia 3G não acessam efetivamente a internet, o que representa um mercado de 44 milhões de brasileiros para as operadoras móveis. Segundo o levantamento, divulgado nesta quarta-feira (27) durante a 12ª Futurecom, quase dois terços dos consumidores brasileiros (65%) têm acesso à banda larga móvel, mas apenas 33% estão utilizando esse serviço.

O estudo aponta também os desafios para as operadoras móveis que atuam no país: 90% das pessoas que acessaram a internet móvel experimentaram algum tipo de problema, como velocidades baixas (75%), incapacidade de se conectar (73%), perda de conexão (68%), sem cobertura de rede (67%) e baixa qualidade de imagem (51%). A pesquisa também destacou que o preço é também uma das principais preocupações dos usuários de internet móvel no Brasil, com quase metade (45%), alegando que isto era uma das principais causas de insatisfação de serviço e 55% afirmando que o alto preço é um obstáculo para não usar um serviço mais assiduamente a internet móvel.

Apesar da preocupação com o preço, os usuários da banda larga móvel consomem mais vídeos do que os consumidores do Reino Unido (44% contra 36%). Segundo o vice-presidente de marketing da Acision, Steven van Zanen, o aumento da oferta de banda larga móvel pode proporcionar às operadoras o aumento da receita média por usuário (ARPU) e rentabilidade do serviço. Ele recomenda que as celulares resolvam as questões relativas ao preço por meio da introdução de valores diferenciados e ofertas de serviços diferenciados.

A pesquisa foi realizada entre 22 e 17 de agosto de 2010. Os resultados apresentados são a partir de uma amostra representativa de 2.500 consumidores no Brasil, entre 16 e 75 anos. A  Acision é líder mundial em  dados móveis.

Anterior Oi quer Brasil Conectado para todos os brasileiros
Próximos Aplicações, redes sociais e virtualização são a tendência da conectividade