Estudo da 451 Research divulgado nesta semana indica que a internet das coisas é uma febre nas empresas, mas que nem todas enxergam como lucrar com a tecnologia. A estimativa, feita com base em pesquisa que ouviu mais de 1 mil companhias mundo afora e que compraram soluções IoT recentemente, é de que 41% delas ainda não conseguiu identificar o retorno do investimento feito (ROI) ou qualquer outro benefício depois de comprar soluções no segmento.

A falta de retorno evidente, no entanto, é a segunda preocupação dos departamentos de TI, responsável pelas compras em IoT. A primeira é a segurança: para 50%, ainda um problema a ser resolvido. Estas questões não impedem que as empresas apostem na tecnologia. Ao menos 71% das companhias estão estudando como investir em IoT.

Entre quem já usa, a percepção é de que a IoT tem a função de coletar dados, que poderão render frutos depois de analisados e associados a suas estratégias de “big data” e “analytics”. Os segmentos mais promissores indicados estão nos setores de finanças, indústria, saúde e segurança.