116 operadoras no mundo já usam ou projetam redes LTE-Advanced


A Associação Global dos Fornecedores de Infraestrutura Móvel (GSA, na sigla em inglês) divulgou hoje (22) um novo paper no qual revela a expansão da tecnologia LTE-Advanced no mundo. Segundo o estudo, as redes LTE-A já operam comercialmente em 39 países. Ao menos 64 já funcionam, e outras 52 estão em desenvolvimento.

Significa que 30% das operadoras do planeta usam ou planejam usar a plataforma, que oferece picos de conexão de até 300 Mbps.  A maior parte das redes lançadas, 52, operam na categoria 6, ou seja, teoricamente, alcançam este pico. Outras 11 redes trabalham na categoria 4, com pico de download de 150 Mbps. Nenhuma destas redes, porém, fica no Brasil. Concentram-se na Europa e Ásia. Mas a tecnologia vai além. Há no mundo 13 redes em desenvolvimento que se enquadram na categoria 9 (cujo pico alcança 450 Mpbs).

Em outro estudo, também divulgado nesta semana, a associação contabilizou 2919 produtos (smartphones, tablets, computadores ou outros dispositivos conectados) capazes de usar redes LTE. Destes, 32% são compatíveis com redes LTE-A. E, destes, 858 se conectam a redes categoria 4, enquanto 69, a redes categoria 6.

No começo do mês, a associação já havia divulgado levantamento, apontando para a existência 393 operadoras usando LTE no mundo, em 138 países. Destes, 107 lançaram as redes comercialmente ano passado. Até o final deste ano, a expectativa da GSA é que existam 460 redes LTE em operação no mundo.

 

 

 

Anterior Oi elege novos diretores
Próximos EBC registra lucro 550% maior em 2014